Quadrinistas paraibanos participam de exposição na cidade de Lyon

Shiko, Henrique Magalhães e Marcos Nicolau, participam de exposição dedicada as HQs na cidade de Lyon (França)

A Maison de l’Amérique Latine en Rhône-Alpes apresenta uma exposição de histórias em quadrinhos de autores latino americanos.

Estão expostas as pranchas de quadrinistas argentinos, costarriquenhos e chilenos, além dos brasileiros Henrique Magalhães, Marcos Nicolau e Shiko, todos da Paraíba. O convite para a participação da trupe paraibana partiu da promotora cultural Jane Lessa, que atua na Maison de l’Amérique Latine en Rhône-Alpes, na cidade de Lyon, França.

Henrique Magalhães e sua personagem Maria, referências das HQs paraibanas.

A presença dos quadrinhos brasileiros e paraibanos nesse festival tem o mérito de apresentar a obra que circula ainda à margem do mercado, marcada por experimentações gráficas e textuais. Henrique Magalhães e Marcos Nicolau apresentam sua verve humorística, enquanto Shiko mostra seu expressionismo gráfico numa das cenas de suas histórias em quadrinhos.

Para Philipe Morin, editor do melhor fanzine francês, o PLG, há um movimento criativo importante no Brasil, particularmente no meio independente. Essa exposição em Lyon, ainda que represente apenas uma pequena parcela de tudo o que se produz no país, confirma sua visão sobre nossos quadrinhos.