Conheça Steve Ditko, o “outro” pai do Homem-Aranha”

Steve Ditko o “outro” pai do Homem-Aranha

Hoje é aniversário de STEVE DITKO, se você não conhece esse cara, então espero que possa curtir esse artigo e conhecer este que é sem sombra de dúvida um dos mestres dos quadrinhos. Ou você acha que STAN LEE foi o único pai” do Homem-Aranha?

Steve Ditko nasceu em Johnstown (Pensilvânia), desenhista e roteirista que junto com Stan Lee, criou em 1962 o Espetacular “Homem-Aranha” e a maioria dos mais famosos coadjuvantes e vilões clássicos do personagem.

É fato que o Homem-Aranha possui uma das mais celebres galerias de vilões dos quadrinhos (provavelmente o único que tenha vilões tão legais quanto o Aranha seja o Batman) e Ditko ajudou a criar alguns dos maiores inimigos de Peter Parker, entre eles se destacam: Dr. Octopus, Duende Verde, Elektro, Abutre, Mystério e Kraven “O Caçador”.

Mas de acordo com Joe Simon, as raízes do Homem-Aranha datam de bem antes, quando ele e um escritor chamado Jack Oleck vieram com a idéia de um personagem chamado Silver Spider, em meados dos anos 50. Oleck e Simon teriam levado a idéia a um velho parceiro, C. C. Beck (um dos criadores do Capitão Marvel) e  juntos, os três criaram um personagem que primeiro foi chamado de Spiderman e depois Silver Spider.

Sequência de Amazing Fantasy #15, Steve Ditko e Stan Lee ainda não sabiam mas haviam criado um ícone

A nova figura teria sido oferecida à editora Harvey, que a recusara. Anos depois, no final dos anos 50, quando Simon voltou a trabalhar com Jacob Kurtzberg (Jack Kirby), apresentou ao desenhista o antigo material do “Silver Spider”,  a partir destes conceitos a dupla criou um novo personagem, “O Homem-Mosca” e ofereceu à editora Archie, publicando sua primeria historia em 1959.

Bem, é nesse momento da Historia (e estou falando em relação a Historia das Historias em Quadrinhos), que teve inicio uma das maiores polêmicas já existentes sobre um personagem de HQs que se tem nota (provavelmente superada apenas pela disputa judicial entre a DC Comics e a Fawcet em relação ao Capitão Marvel e suas implicações no surgimento de outro herói “problemático” o Miracle Man).

Tudo aparentemente começou quando Stanley Martin Lieber (Stan Lee) buscava idéias para seu novo super-herói adolescente e foi pedir suguestões ao seu “brother” Jack Kirby, que teria apresentado então a Lee a antiga versão do “Silver Spider”Kirby logo em seguida desenhou a primeira versão do “Homem-Aranha” da Marvel que acabou rejeitada.

“Eu ODIEI o modo como foi desenhado! Não que ele tenha desenhado mal — apenas não era o personagem que eu queria; era muito heróico”, comentou Stan Lee, que decidiu escalar Ditko para redesenhar o personagem, a seguir você confere uma declaração de Steve Ditko sobre o processo de criação do visual do Homem-Aranha como o conhecemos hoje.

“Uma das primeiras coisas que fiz foi trabalhar no uniforme. Uma parte vital, visual do personagem. Eu tinha que saber como ele se parecia… antes mesmo de começar a rascunhar a história. Por exemplo: com poder de aderência ele não precisava usar sapatos ou botas pesadas; uma pulseira disparadora escondida ao invés de uma pistola de teias no coldre etc. … Não tinha certeza se Stan ia gostar da idéia da máscara cobrindo o rosto do personagem, mas eu o fiz porque ela esconderia um rosto claramente adolescente. E também daria um toque de mistério ao personagem…”. 

The Amazing Spider-Man #33, considerada pro Stan Leee a obra-prima de Steve Ditko com o personagem

É notória a lista de problemas, intrigas e teorias da conspiração que envolvem o nome de Stan Lee e seus colegas de trabalho, principalmente no que se trata de créditos pela crição e/ou co-criação dos personagens, que não envolvem apenas o nome de Steve Ditko mas também o de Jack Kirby. Se você ficou curioso e quer saber mais sobre essa intrigante historia eu sugiro que confira o artigo dedicado a esta polêmica no site OMELETE.

Independente de tais polêmicas Ditko também criou ao lado de Lee o “Doutor Estranho” além de trabalhar em títulos como Homem de Ferro, Quarteto Fantástico, Hulk, VingadoresSpeedball e o persoangem Fantasma (The Phanton) de Lee Falk.

Steve Ditko após sua (conturbada) saída da Marvel , trabalhou na Charlton Comics aonde criou os personagens: Capitão Átomo, o novo Besouro Azul e Questão (vale a pena você fazer uma pesquisa sobre a Charlton Comics, estes persoangens e sua relação com WATCHMEN de Alan Moore) antes da DC Comics comprar a Charlton e adicionar todos os seus personagens ao seu universo.

Em seguida para a própria DC trabalhou nos títulos Morcego HumanoShade entre outros.

Questão, Capitão Átomo e Besouro Azul, titulos onde Ditko trabalhou na Charlton Comics

Steve Ditko é sem sombra de dúvidas um dos maiores nomes da historia dos quadrinhos, não apenas por ter criado (ou ajudado a criar) um dos maiores heróis de todos os tempos, mas por seu trabalho e gênio criativo ao longo de décadas, deixando sua arte e persoanlidade forte torna-lo mais do que um mero desenhista de super-heróis, suas criações e caráter influenciam e ainda influenciarão artistas por inúmeros anos. Parabéns e muito obrigado!!!!

A seguir vocês poderão conferir o documentário In Search Of Steve Ditko, que fala sobre a carreia de Steve Ditko, infelizmente não encontrei uma versão deste documentário legendado, espero que possam aproveita-lo.

Fontes de pesquisa: Wikipédia, Guia dos Quadrinhos, Omelete