Morre Jorgeh Ramos um dos maiores dubladores brasileiros de todos os tempos

 

Blog Teaser - Jorgeh Ramos

 

Morreu no final da noite de domingo (30), aos 73 anos, o ator e dublador Jorgeh Ramos. Ele estava internado no Hospital Mãe de Deus, em Porto Alegre, desde a semana passada em função de um quadro de pneumonia, segundo uma assistente e amiga dele. Paciente renal crônico e hipertenso, Jorgeh havia sido diagnosticado com câncer há um ano e lutava contra a doença.

Jorgeh José Ramos nasceu em 3 de fevereiro de 1941 em Recife (PE), começou a carreira no teatro aos 16 anos, na TV começou no início dos anos de 1960 na TV Jornal do Comercio em Recife participando de teleteatros, que eram apresentados ao vivo.

Alguns anos depois foi tentar carreira em São Paulo, aonde permaneceu alguns anos e depois foi para o Rio de Janeiro. Já no Rio começou a carreira de locutor a pedido de Carlos De La Riva na Peri Filmes.

 

Multiple Vertical Teasers - Jorgeh Ramos

 

Jorgeh Ramos deu voz a personagens conhecidos do cinema, como Jafar, de “Aladdin”, e Scar, de “O Rei Leão”. Tornou-se uma das vozes mais conhecidas em dublagem no país, tarefa que começou a realizar na década de 1970. Além de atuar e narrar, Jorgeh também escreveu algumas peças de teatro.

Também ficou bastante conhecido por suas narrações de trailers. Em uma das narrações mais famosas está a frase anunciando estreias: “Breve nos cinemas”.

Como dublador começou por volta de 1966 quando veio para São Paulo, trabalhou na extinta AIC, por 2 à 3 anos, quando mudou-se para o Rio. Lá ele entrou para a TV Cinesom e a Peri Filmes, e ao mesmo tempo também entrou para direção de dublagem. Entre as casas que Jorgeh mais dublou esteve também a Herbert Richers e a Tecnisom. Com o final da greve em 1978, Jorgeh nunca mais dubla na Herbert Richers, dedicando-se aos outros estúdios de dublagem.

No início dos anos de 2000 fundou a empresa de dublagem Som de Vera Cruz, e alem de gerencia-la, também trabalha como diretor, narrador e dublador na mesma.

O corpo do dublador será cremado em Caxias do Sul (RS), em uma cerimônia apenas para familiares às 8h desta terça-feira (2). Depois, os restos mortais serão levados para o Rio de Janeiro, onde haverão mais homenagens.

 

 

 

FONTE: Canal NostalgiaCasa da Dublagem, G1