One On One: Fan Movie aborda a descrença e esperança na existência do Superman

Blog Teaser - One On One

 

É possível acreditar no Superman e em tudo que ele representa, ou é uma mera fantasia infantil? “One on One“, o Fan Movie do diretor Jake Thomas, é uma iteração brilhante de um ícone atemporal, um filme de super-herói diferente de qualquer outro.

O curta-metragem foi produzido em 2012,  cerca de um ano antes do longa “Man of Steel”.  É um retrato realmente tocante de Clark Kent e do Superman feito por Jake Thomas que, obviamente conhece muito bem o que significa ser um super homem. Em “One on One” atuam Erin Brown (Sarah) e John Nagle (Clark Kent).

 

Sarah, uma jovem de 14 anos foge de casa e é recém chegada à cidade de Metropolis, casualmente conhece um irritante e persistente repórter chamado Clark Kent que não vai deixa-la em paz até que ela concorde em conceder uma entrevista para a sua coluna que será publicada no Planeta Diário. Tudo o que ele pede é que Sarah responda dez perguntas. A medida que a conversa avança os problemas de sua vida emergem, e sua descrença para com os super-heróis vem à tona, principalmente em relação ao Superman! Se ele é tão grande e tão poderoso, por que o mundo é um lugar tão horrível? Por que ele não faz algo? Será que ele existe mesmo? No final, os dois percebem que, mesmo quando não há respostas fáceis, é sempre possível olhar para o céu com olhos cheios de esperança.

 

A seguir vocês poderão conferir “One on One”, lembrando que o YouTube disponibiliza as legendas nas configurações do vídeo.

 

 

O Superman foi primeiro super-herói da historia, criado por Jerry Siegel e Joe Shuster  e publicado originalmente na Action Comics #1, em 1938 e se tornou um ícone de cultura pop e a representação da esperança e justiça tão necessárias na época de sua criação.

Ao longo dos anos o personagem passou por inúmeras mudanças e foi reinventado por vários escritores e desenhistas, porém permaneceu quase intocável em sua essência, como uma representação das virtudes do ser humano.

 

*Agradecimentos a Jonathas Pessoa pelo trabalho de tradução.

FONTE: Cosmic BookNews