Star Wars TIE Fighter: Conheça os detalhes da animação “Fan Made” produzida por Paul Johnson e seus amigos

NEO Blog Teaser - TIE Fighter

 

Existem uma série de grandes filmes produzidos por fãs inspirados em Star Wars ao longo dos anos, como Troops e Pink Five, mas este último pode ser ainda mais legal. Criado por um fã chamado Paul Johnson, TIE Fighter é um, curta metragem de animação de sete minutos que se concentra em uma enorme batalha espacial entre o Império Galáctico e a Aliança Rebelde, mas com o foco claramente no lado Imperial de coisas (você nunca achou tão bom ver a “escória rebelde” receber o que merece).

 

A coisa mais legal sobre essa pequena animação é que ela é totalmente inspirada em animes dos anos 80 como Robotech, Gundam ou Akira, com tudo que tem direito, desde a forma como a câmera se move, o exagero das explosões, até os solos da guitarra como trilha sonora das cenas de batalha (substituindo a tradicional trilha de John Williams), este é um anime feito no melhor estilo “old school”. E no entanto, mantem a essência de Star Wars em todos os sentidos. Se você era criança nos anos 80, este é o desenho animado de Star Wars que realmente você queria ver, em vez de ficar preso com Droids e Ewoks nas manhãs de sábado. Além da trilogia original e de clássicos do anime , a outra grande inspiração veio a partir do jogo TIE Fighter da Lucasarts lançado em 1994.

 

Tie Fighter POSTER

Cartaz de Star Wars: TIE Fighter criado por Paul Michael Johnson

 

Todo o projeto foi desenhado e animado por seu criador durante o que equivaleria a quatro anos em fins de semana, com a ajuda de Joseph Leyva no design de som e a trilha sonora do guitarrista Zak Rahman, um verdadeiro trabalho de amor da parte de todos os envolvidos. Você acessar Tie Fighter Project Materials para obter informações sobre todos os personagens da animação. Enquanto isso, assista o vídeo inteiro … e, em seguida, mais três ou quatro vezes, só porque isso é muito legal!!!

 

 

*Agradecimentos a Jonathas Pessoa pelo trabalho de tradução.

FONTE: Nerdist