Mike Mignola fala sobre o iminente fim de Hellboy!!!

NEO Blog Teaser - Hellboy End 01

 

Depois de mais de vinte anos de “Hellboy”, incluindo uma série de grande sucesso publicada pela Dark Horse e dois filmes dirigidos por Guilhermo del Toro, é difícil imaginar que a série vá chegar a um fim. Mas na Emerald City Comic Con, o criador Mike Mignola e o Editor Chefe da Dark Horse, Scott Allie falaram exatamente sobre isso. Em um painel moderado pelo publicitário da Dark Horse Aub Driver, Mignola e Allie se juntaram ao colorista Dave Stewart para discutir o caminho para o fim da história do Hellboy, enquanto continuam a explorar os cantos mas bizarros de seu mundo.

 

Os participantes do painel começaram com “Frankenstein Underground”, a nova séria escrita por Mignola e desenhada por Bem Stenbeck, que também é o artista de “Baltimore”. Mignola disse que quando conversou com Stenbeck sobre a ideia da história sobre Frankenstein, que se passa inteiramente em cavernas e túneis, o artista ficou entusiasmado. Enquanto a ideia era inicialmente simples como um “personagem menor, vivendo ali pelo mundo subterrâneo e matando monstros, se tornou essa coisa muito interessante, trazendo à tona coisas bem estranhas e espirituais para o background do universo Hellboy. E ainda há um monte de monstros.”

 

Mignola e Allie concordaram que com uma gama tão grande de artistas contribuindo para diferentes séries que são ambientadas no mesmo universo, a colorização de Stewart foi crucial para fazer o mundo coeso. Allie apontou o vilão Black Flame, especificamente, que já foi reproduzido por diferentes artistas. “Quando você ver o que Laurence Campbell fez com ele no próximo grande arco, ele está terrível. Laurence pegou basicamente o design de James Harren e o fez muito assustador, porque está realista de certa forma — mas não menos chocante.”

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Para o próximo arco de “Baltimore”, intitulado “Cult of the Red King,” Allie diz “a história… começa parecendo bem pesada em todo o mal que vem acontecendo no mundo e a procura da raiz de tudo aquilo. O que basicamente significa que nosso herói, que vem lutando com essa versão do Drácula, agora começa a ir atrás diretamente do Diabo. Não é Satan, mas é o personagem que é a raiz de todo o mal naquele mundo específico.”

“Com tudo o que estamos trabalhando no mundo Hellboy, temos um fim à vista,” Mignola diz. “Não está bem ali explicito, mas acho que ajuda muito de você souber ultimamente para onde as coisas estão indo.”

 

“Eu sei para onde este livro está indo,” Mignola continua, falando especificamente sobre a série “Hellboy in Hell”. “Nem sempre eu soube exatamente para onde estava indo. Hellboy está morto, e agora adoece, então é muito triste e trágico.” Ao que a série se aproxima de sua conclusão, “Estamos tão perto do fim de tudo que os grandes segredos começam a se desenrolar. Todas as peças estão sobre a mesa.”

 

E este fim se expande para além de “Hellboy in Hell”. “Por todo o universo do Hellboy, tudo está meio que ali. Todas as nossas peças estão lá e agora é a parte mais excitante, onde apenas começamos a derrubar as peças desse dominó,” Mignola diz, prometendo que os leitores continuem a esperar por surpresas nos vários títulos. “Nos surpreendeu quando estávamos construindo isso. Então eu percebi que se os escritores se surpreenderam, os leitores devem realmente ser surpreendidos.”

“Minha preocupação é ter a história terminada para não cair sobre Scott Allie dizer “Ah sim — Eu sei, ele explicou tudo para mim,” Mignola explica. “É por isso que quero amarrar as coisas bem nesse infinito número de edições, assim eu posso ir e ser atropelado por um ônibus ou qualquer coisa.”

 

Hellboy in Hell

 

*Agradecimentos a Lídia Byanca pelo trabalho de tradução.

FONTE: Comic Book Resources