Análise do “O Pequeno Príncipe”, por Maysa Lemos

Maysa Lemos 01

Maysa Lemos

Olá pessoal, hoje contamos com a preciosa contribuição de Maysa Lemos sua análise da animação “O Pequeno Principe”, Maysa é a responsável pelo blog Hey Ysa, nosso mais novo parceiro e companheiro de aventuras.

Que esta seja a primeira de muitas aparições de Maysa aqui no blog do Studio Made in PB, lembrando que o HQPB 2015 esta chegando e ainda vamos ter muitas surpresas para todos vocês! E o Hey Ysa também estará conosco no maior evento de Cultura Pop do estado. Então não se esqueçam…

#NosVemosnoHQPB!!!

 

NEO Blog Teasers - O Pequeno Principe 12

 

 

Hey pessoas!

Então, já faz um tempinho que eu venho comentando aqui que um dos filmes que eu mais estava esperando pra ver este ano (além de Star Wars), era a nova adaptação de O Pequeno Príncipe. Estava toda feliz e saltitante, esperando para comprar meu ingresso para a pré-estreia/estreia. O que eu não sabia era que,ao menos aqui em Jampa, a pré-estreia foi bem antes da estreia nacional. O filme só irá estrear dia 20 deste mês, e a pré-estreia foi ontem (14 de agosto). Estranho? Sim, mas não reclamei. Assim que fiquei sabendo fui correndo para o shopping para assistir. Por sorte, não estava cheio e eu consegui ingresso para a primeira sessão do filme.

E depois de toda essa introdução, é chegada a hora de falar pra vocês por que chorei litros no cinema assistindo esse filme. 😀

Direção: Mark Osborne / Gênero: Animação / Tempo: 1h46min

 

NEO Blog Teasers - O Pequeno Principe 06

 

Nesse filme somos apresentados a uma garotinha que vive em um tempo onde as crianças não aproveitam mais sua infância, e passam essa época da vida em uma preparação para se tornar um adulto bem sucedido. A menininha mais parece um adulto em versão pocket, na busca para ser aceita em uma escola conceituada. A menina esquece como é ser criança, e vive em um mundinho onde sua mãe, extremamente sistemática, monta o plano da sua vida. Cada atividade tem sua determinada hora no dia, para o determinado dia do mês, para o determinado mês do ano, para um determinado ano da sua vida.

Da um pouco de agonia ver a menina agindo como um adulto, e principalmente ver a mãe controlando tudo isso. Em uma parte do filme ela chega a dizer para a garotinha algo como “Muito bem, minha futura vice-presidente!“, mostrando que o sucesso na vida pra ela é ter um emprego que pague muito bem e tenha prestigio para a sociedade. Porém, essa regime que a nossa Pequena Menina vive não dura muito até começar a ser desconsiderado. Tudo muda quando ela conhece seu vizinho, O Aviador. Um senhor, que tem uma casa colorida e cheia de pássaros, e passa os seus dias a concertar um avião que tem no quintal. Esse velhinho irá contar para a menina a história de um pequeno príncipe, que após visitar vários planetas, chegou a Terra, e lá conheceu um aviador que havia caído no deserto.Por meio da história do príncipe, a menina começa a lembrar o que é ser criança.

Um dos pontos mais fantásticos desse filme é a forma como é contada a história do livro. Por meio dos desenhos do aviador, a menina vê a história do príncipe. Dessa forma, Mark Osborne conseguiu criar uma trama muito bonita e envolvente, e colocar dentro dela a história que todos nós conhecemos do livro de Antoine de Saint-Exupéry. Fazendo isso, ele conseguiu ser bem fiel ao livro e ao mesmo tempo surpreender aqueles que estão assistindo o filme, por mostrar a relação que a menina e o aviador criam, e a que fim isso levará.

O filme como um todo é muito emocionante, que leva a um final simplesmente lindo. Muitas das frases e diálogos do livro foram colocados no filme, o que é fantástico. Além disso, assim como o livro O Pequeno Príncipe, a adaptação conseguiu passar mensagens lindas.

Por esses motivos, eu super recomendo, principalmente para quem leu o livro. É emocionante.

 

O essencial é invisível aos olhos, e só se pode ver com o coração.

 

NEO Blog Teasers - O Pequeno Principe 05

 

*Artigo originalmente publicado no blog Hey Ysa no dia 15 de agosto.