Fantasy Flight anuncia lançamento de Star Wars Rebellion para 2016

Blog Image Gallery Teaser - SWRBL06

 

Existem muitos jogos de tabuleiro que deixam o jogador escolher entre o Império e os Rebeldes, mas o mais novo jogo da Fantasy Flight tenta trazer até você uma visão mais acurada do que isto pode causar. Jogos como Armada, X-Wing e Imperial Assault focam mais as reações minuto-a-minuto de cada jogador através de uma batalha ou cenário. Rebellion tem um campo de visão bem maior e cada decisão em cada rodada pode ter consequências pesadas ao longo do jogo.

 

O jogo muda profundamente dependendo de qual lado é escolhido. Mais que uma diferença só entre classes de naves ou unidades, em Rebellion se você escolher o Império terá uma vantagem militar substancial logo de cara, o que faz todo sentido. Seu objetivo é tomar o máximo de sistemas e áreas que puder, lembrando também de acabar com o QG dos Rebeldes. Da mesma forma, se você escolher os Rebeldes, então a colocação estratégica de barreiras e a união dos planetas serão sua única forma de se defender contra o Império. Parece um pouco torto mas existem algumas maneiras de atingir seus objetivos e até mesmo virar a maré ao seu favor. O que chama a atenção é a precisão aqui. O Império tem tantas vantagens que qualquer tipo de insurgência irá render uma vantagem, mesmo que pequena.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Os líderes e heróis que você usar poderão ditar suas habilidades e permitirão a você enviar personagens em missões diretamente tiradas dos filmes. A Fantasy Flight cita como exemplo Luke sendo enviado a Dagobah para treinar com Yoda, e conseguir cumprir essa missão com sucesso trará benefícios e opções adicionais ao longo do jogo. Da mesma forma objetivos cumpridos na sua vez permitirão aumentar sua reputação nos outros planetas e convencer os nativos a virem pro seu lado. Quando um planeta se alia a uma facção seus recursos são compartilhados, a menos é claro que seja subjugado pelo império. Mesmo se isso acontecer você terá centenas de oportunidades de virar o jogo porque há 32 sistemas para combater e você não tem necessariamente que vencer a batalha pra receber a vantagem.

Alguns objetivos podem ser bem específicos, então se você perde o combate mas derrubou dois Tie Fighters na batalha isso pode ser suficiente pra concluir seu objetivo e ganhar recompensas. Esse sistema de vantagens/desvantagens é algo em que Edge of the Empire é excelente e possível que esteja presente em Rebellion.

Este jogo vem com mais de cento e cinquenta miniaturas, incluindo essa belezinha de Estrela da Morte. Em se tratando de satisfação, estas podem ser as melhores partes dos jogos de tabuleiro de Star Wars e outros como War, e está longe de ser algo ruim.

 

Star Wars Rebellion será lançado no inicio do próximo ano, porém sem previsão de seu lançamento oficial no Brasil

 

 

FONTE: GeekTyrant

TRADUÇÃO: Jonathas Pessoa