Guardians: Filme sobre super-heróis soviéticos gera expectativas após teaser trailer

Blog Image Gallery Teaser - Defenders 21

 

Provavelmente você já deve ter ouvido um boato sobre um filme de uma super equipe formada por heróis russos. Por mais improvável que pareça (afinal quem tem conhecimento profundo sobre o cinema russo?), a um certo tempo esse boato tornou-se (até o momento) uma grata surpresa.

Guardians (Defenders) conta a historia de uma equipe de heróis que supostamente foi criada para proteger a URSS contra ameaças sobrenaturais. A equipe é formada por Arsus (Anton Pampushniy), Khan (Sanzhar Madiev), Lehr (Sebastian Sisak-Grigoryan) e Xenia (Alina Lanina), cada um dotado de habilidades extraordinárias que em nada deixam a desejar se comparados com seus “camaradas” norte-americanos.

A seguir vocês podem conferir uma breve sinopse do filme:

 

Durante a Guerra Fria, uma organização secreta “Patriot” criou um esquadrão de super-heróis, que incluíram representantes de diversas repúblicas soviéticas. Durante anos, os heróis tiveram de esconder a suas identidades e suas ações sempre foram mantidas em sigilo absoluto, alimentando diversas historias sobre os guardiões ocultos do povo soviético. Porém um novo inimigo surge e a nação russa mais uma vez necessita de seus heróis…

 
Mais clichê impossível e por isso mesmo parece ser tão interessante, espero que a produção consiga trazer mais variedade ao gênero até o momento polarizado no “American Way” de fazer filmes de super-heróis. O filme ainda não tem data de lançamento e pouco se viu até agora da produção, talvez a fonte de informações mais completa sobre a produção seja sua conta no Instagram, repleta de fotos dos bastidores e alguns vídeos.

 

 
Dificilmente este será um filme que veremos nos cinemas brasileiros, nos deixando com opções menos “ortodoxas” para aprecia-lo, porém o mais legal é poder saber que o gênero esta encontrando espaço em outros grandes centros e que estas produções possam nos trazer gratas surpresas.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 

FONTE: Geek Tyrant