Lo chiamavano Jeeg Robot: Super-Herói italiano estreia nos cinemas e ganha reconhecimento de público e crítica

Blog Image Gallery Teaser - 2016 14

 

Estreou ontem na Itália, Lo chiamavano Jeeg Robot filme do diretor Gabriele Mainetti e escrito por Nicola Guaglianone e o desenhista Menotti (Roberto Marchionni), os principais nomes do elenco são Claudio Santamaria (Enzo Ceccott)Ilenia Pastorelli (Alessia)Luca Marinelli (Zingado). O filme vem ganhando muitos elogios da critica italiana e a reação do público não parece ser menos positiva, pelo que é possível ver nos trailers e demais peças promocionais o filme parece bem ajustado a realidade de um orçamento modesto, lembrando em alguns momentos uma produção da Netflix (o que a meu ver não é nenhum demérito, muito pelo contrário).

Apesar de ser um filme de super-heróis, não se trata da adaptação de algum Fumetti (termo usado pelos italianos para as HQs), trata-se de uma historia original, que usa referências, esteriótipos e arquétipos de forma aparentemente bem sucedida. É uma clássica historia de origem com todos os ingredientes que podem resultar em uma boa experiência para o público, desde que usados com inteligência, e este parece ser um destes casos.

 

 

A História

Enzo Ceccotti é um “ninguém”, vive em Tor Bella Monaca (bairro da periferia de Roma) e ganha a vida com pequenos furtos na esperança de não ser pego. Um dia, como tantos outros ele esta fugindo da polícia, e decide mergulhar no rio Tibre para se esconder e acidentalmente tem contato um barril de material radioativo. Enzo sai completamente coberto de você sabe o que (se você não faz ideia você precisa se conectar com seu nerd interior meu amigo), cambaleante e quase morto.

No dia seguinte, no entanto, desperta com força sobre-humana e resistência, surpreso Enzo tenta descobrir o que aconteceu com ele, enquanto pensa numa maneira de usar os poderes para ganhar dinheiro (clássico), enquanto isso em Roma há uma verdadeira luta pelo poder, organizações criminosas iniciam uma guerra, aterrorizando a cidade com atentados e ataques inconsequentes.

Enzo acredita que com seus novos poderes sua acensão no mundo do crime é apenas uma questão de tempo, mas tudo muda quando ele conhece Alessia, que ao descobrir sobre os poderes de Enzo esta convencida que ele esta destinado a ser um super-herói igual ao protagonista de  Jeeg Robot (Jeeg Robot d’ Acciaio/Steel Jeeg), seu animê favorito. Alessia acaba por se tornar o “Grilo Falante” de Enzo, que o orienta e incentiva a abandonar a criminalidade, contrariando os interesses de Zingaro que deseja usar os poderes de Enzo para tomar a cidade de Roma.

 

 

Jeeg Robot d’ Acciaio

Steel Jeeg (鋼鉄ジーグ Kōtetsu Jīgu), também conhecido como Kotetsu Jeeg ou Koutetsu Jeeg, é um anime e mangá que narra as historias de Hiroshi Shiba um jovem piloto de corridas automobilísticas e seu super robô gigante (Steel Jeeg), criado pelos artistas Go Nagai e Tatsuya Yasuda. A série de TV foi produzido pela Toei Doga (agora Toei Animation)  e teve como character design, Kazuo Nakamura. Foi transmitida pela primeira vez na televisão japonesa em 1975, a série durou 46 episódios. Como muitas outras produções japonesas Steel Jeeg foi exibida na Europa e na Itália ganhou o título Jeeg Robot d’ Acciaio.

Uma sequência da série original chamada Kotetsushin Jeeg (que parece se passar 50 anos depois dos eventos da historia original) foi foi transmitido pelo canal WOWOW , a partir 05 de abril de 2007 e teve 11 episódios.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Infelizmente não existe ainda nenhuma chance de Lo chiamavano Jeeg Robot ser exibido no Brasil por meios convencionais, o que por enquanto nos deixa impossibilitados de realizar uma analise mais apurada da produção. Porém o filme italiano se junta a outras produções europeias do gênero como The Guardians (Russia) e Capitão Falcão (Portugal), que mostram que assim como as HQs são uma mídia universal, talvez o cinema inspirado nelas possa trazer a diversidade e pluralidade que as vezes faz falta nas produções norte-americanas.