Arte Conceitual revela como seria o uniforme do Barão Zemo em Capitão América: Guerra Civil

Blog Image Gallery Teaser - 2016 CIVIL WAR ZEMO

 

Uma (equivocada) crítica ao filme Capitão América: Guerra Civil, foi o fato de Helmut Zemo, interpretado pelo ator Daniel Brühl não ter sido caracterizado como sua contra-parte das HQs.

Recentemente uma arte conceitual não utilizada na produção de Guerra Civil apresenta como o personagem Barão Zemo poderia ter sido mostrado no filme. A arte foi criada pelo  artista Andy Park, e como vocês poderão ver, o design é muito mais inspirado em seu clássico visual das HQs, incluindo a sua tradicional máscara roxa.

 

unused-civil-war-concept-art-for-features-a-purple-masked-baron-zemo

Helmut Zemo: Concept Art produzida por Anby Park para Capitão América: Guerra Civil

 

Apesar de muitos criticarem ferozmente a não utilização de um uniforme inspirado no clássico visual do personagem, estes mesmos críticos se esquecem que o Universo Cinematográfico Marvel (UCM) é um universo paralelo e portanto independe de representar ou não as contra-partes de sues personagens da mesma forma a já existente nas HQs.

 Anthony e Joe Russo parecem já ter compreendido isso a muito mais tempo e desde do inicio deram sua visão dos personagens, o que vem dando (e muito) certo desde Capitão América: O Soldado Invernal, o Zemo construído por eles para Guerra Civil é sem a menor sombra de dúvida o melhor vilão que o UCM já teve até o momento.

Quando faço esta afirmação costumo explicar que Zemo não é o mais carismático vilão do UCM, esse posto pertence a Tom Hiddleston e seu sarcástico Loki e ainda temos os exemplos de Thanos, Ronan e Ultron que apesar de ser muito próximos de suas versões das HQs, nos filmes ficam no posto de tradicional vilão que é derrotado no final.

O vilão interpretado por Daniel Brühl, é ardiloso, maquiavélico e porque não dizer mesquinho, porém até o momento foi o único vilão do UCM que realmente teve exito em seus objetivos e colocou em xeque, a existência dos Vingadores.

 

 

FONTE: Geek Tyrant, Marvel Cinematic Universe